Red Purple Black
Policia

Prédio em construção é assaltado no centro de Chapecó

Policia

Última atualização em Sáb, 04 de Outubro de 2014 13:03 Sex, 03 de Outubro de 2014 15:40

AddThis Social Bookmark Button

Por volta das 12h desta sexta-feira (3), em um prédio em construção na esquina das ruas Nereu Ramos com a Lauro Muller, centro de Chapecó, funcionários estavam almoçando quando quatro homens armados chegaram ao local, em um Voyage de cor branca e com vidros escuros, com placas final 8118, e anunciaram o assalto. Segundo informações, o veículo tem registro de furto em Catanduvas.

Dos quatros homens, dois desceram e dois ficaram do lado de fora esperando. Eles foram direto a uma das funcionárias da construtora e pediram a bolsa com envelope em dinheiro. De acordo com informações, os ladrões levaram do local R$ 50 mil.

A ação foi rápida, eles fugiram em direção à área leste da cidade. A polícia segue a procura dos ladrões, realizando buscas, mas até o momento ainda não encontrou ninguém.

Os funcionários da empresa foram ouvidos no local e depois foram até a delegacia para repassar mais esclarecimentos do fato.

Fonte: Junior Spindula

 

Santa Catarina registra sete ataques na madrugada desta sexta-feira

Policia

Última atualização em Sex, 03 de Outubro de 2014 15:41 Sex, 03 de Outubro de 2014 10:44

AddThis Social Bookmark Button

A madrugada desta sexta-feira (3) foi marcada por sete novos ataques em Santa Catarina. O relatório da PM afirma que, até as 9h desta sexta, foram 60 ataques em 26 cidades catarinenses. A terceira onda de atentados começou há uma semana, desde o dia 26 de setembro. A polícia contabiliza oito ocorrências de apreensões de materiais suspeitos, 34 prisões e nove menores apreendidos. Dois suspeitos foram mortos. Um agente público aposentado foi morto em Criciúma, no Sul do estado.

Nesta sexta, ônibus e carros foram queimados. Residências de PM e prédios públicos e de segurança foram alvos de coquetéis molotov. Foram sete cidades atingidas na madrugada: Araranguá, Biguaçu, Tubarão, Lages e São Bento do Sul, que registraram ataques pela primeira vez,  além de  Joinville e  Palhoça. Nestas últimas duas cidades foram computados o sexto e o quinto ataque, respectivamente.

Até a noite de quinta-feira (2), a PM contabilizava o número de ataques e ocorrências de apreensões somados no mesmo balanço. A partir desta sexta, a métrica separa os casos. No relatório desta manhã, são 60 ataques e 8 apreensões de materiais suspeitos.

Terceira onda de ataques em SC

Ao todo, segundo a PM, 24 ônibus foram incendiados, 16 casas e três carros particulares de agentes públicos danificados. Outros sete veículos de civis foram danificados, além de seis bases e o quatro viaturas policiais atingidas. Além disso, três prédios públicos foram alvo da ação criminosa e um posto de gasolina.

Ordem parte dos presídios

O delegado responsável pela divisão de repressão ao crime organizado da Deic, Procópio Silveira Neto, disse que as ordens dos ataques partiram de presos transferidos de Santa Catarina para a Penitenciária Federal de Mossoró (RN). Segundo ele, os apenados daquele estado se comunicam com os que estão na penitenciária catarinense de São Pedro de Alcântara. "[As ordens partiram] de Mossoró para São Pedro de Alcântara e daí se difundiram para rua", complementa.

De acordo com o Ministério da Justiça, "não há qualquer indício de contato direto entre os presos transferidos e os presos ou lideranças de organizações em Santa Catarina". Em nota, o órgão informou que continuará à disposição do estado para dar apoio e suporte no enfrentamento ao crime organizado. O texto ressalta que as quatro unidades prisionais federais do país "observam estrito regime de segurança máxima". Indica ainda que em oito anos, desde que foram instituídas, "não foi registrada a apreensão de nenhum aparelho telefônico nas dependências das unidades".

Esta terceira onda de ataques, segundo a polícia, é coordenada pela mesma facção criminosa das duas anteriores. Em fevereiro de 2013, 37 homens, que estavam detidos em unidades prisionais catarinenses foram transferidos para o Rio Grande do Norte e três para Porto Velho. Eles foram movidos na intenção de desarticular a facção criminosa que estava em atuação na segunda onda criminosa, entre 30 janeiro e 3 de março daquele ano. Nesse período, ocorreram 114 atentados em 37 cidades catarinenses, segundo a PM. Antes, em 2012, ocorreu a primeira onda de atentados no estado, com 63 alvos de 18 a 11 de novembro.

G1SC

 

 
 

Ônibus é incendiado na noite desta quinta-feira em Chapecó

Policia

Última atualização em Sex, 03 de Outubro de 2014 11:41 Qui, 02 de Outubro de 2014 21:59

AddThis Social Bookmark Button

Um ônibus de uma empresa de transporte coletivo, de Chapecó, foi incendiado na noite desta quinta-feira ( 2), por volta das 21 horas. O fato foi registrado na Rua Maringá, no Loteamento Boa Vista, bairro São Pedro.

Segundo informações preliminares, homens armados entraram no coletivo na entrada do bairro, mandaram os cinco passageiros do coletivo, naquele momento, que desembarcassem do ônibus, jogaram gasolina e atearam fogo.
Bombeiros trabalharam na contenção das chamas, mas o ônibus ficou todo destruído.
Ainda não se sabe se o fato tem ligação com os ataques que estão ocorrendo em todo o Estado, desde o ultimo final de semana, ou se este é um fato isolado.

Foto: Junior Spindula

Fonte: Carla Torteli/JBS

 
 

Veículo de Ponte Serrada capota na BR-282 e jovens ficam feridos em acidente na SCT-155

Policia

Última atualização em Dom, 28 de Setembro de 2014 20:50 Dom, 28 de Setembro de 2014 12:15

AddThis Social Bookmark Button

Um veículo de Ponte Serrada se envolveu em um acidente por volta das 3h na madrugada deste domingo (28), na BR-282 entre Cordilheira Alta e Xaxim.
Ocupado por quatro jovens, o Audi A3 perdeu o controle e capotou na rodovia. O Policial Militar Cícero Marafon que passava pelo local no momento, relatou ao OESTE MAIS que prestou os primeiros socorros até a chegada do Corpo de Bombeiros de Xaxim.
O estado de saúde do motorista Jhony Stulher, e dos passageiros Felipe Scussiato e duas meninas menores de idade não foi informado. (Fonte: Oeste Mais)

Acidente entre carreta e Gol

Um acidente, por volta das 12h30, na rodovia SCT-155, próximo ao CTG Espelho da Tradição, envolvendo uma carreta com placas de Xaxim e Gol com placas de Abelardo Luz. A carreta estava carregada de milho a granel e deixou parte de sua carga em meio a uma das vias, porém acabou parando em uma estrada às margens da rodovia. Já o veiculo Gol ficou entre a rodovia e a estrada. Foi realizada a limpeza da pista com o auxílio do Policiamento Rodoviário, retirando os grãos com pá e logo após jogando água.

O condutor da carreta N. T., de 46 anos, foi encontrado caminhando na via, sem queixas e traumas aparentes. Já os quatro ocupantes do Gol apresentavam ferimentos leves. A. S. M., de 15 anos, foi encontrado deitado em via pública, consciente e orientado, apresentando ferimento próximo ao olho direito. R. C., de 26 anos, J. M. S., de 25 anos e R. M., de 24 anos, apresentavam ferimentos no peito e abdômen devido à ação do cinto de segurança. Os dois últimos foram transportados pela equipe medica do Samu. (Fonte: Corpo de Bombeiros)

Foto: Corpo de Bombeiros

 

 

 

 
 

Acusado de provocar a morte de mãe e filha é preso em Ponte Serrada

Policia

Última atualização em Seg, 29 de Setembro de 2014 14:29 Dom, 28 de Setembro de 2014 12:03

AddThis Social Bookmark Button

O mandado de prisão contra Cristiano Alves Pereira, acusado de provocar a morte de mãe e filha em um acidente de trânsito, foi expedido neste final de semana. Ainda na manhã deste domingo (28), foi dado cumprimento da ordem em caráter excepcional, com as Polícias Civil e Militar indo até a residência dele e anunciando a voz de prisão.

Em entrevista ao Portal OESTE MAIS, o Policial Civil, Diego Luiz Marques informou que a partir das informações coletadas pelo inquérito policial, o Ministério Público solicitou a prisão preventiva de Cristiano Alves Pereira.

Após a prisão, o rapaz foi encaminhado ao Presídio Regional de Xanxerê, onde ficará à disposição da justiça. Segundo Diego, “até o final dessa semana, possivelmente o inquérito será concluído com mais subsídios sobre o caso”.

“Mesmo que o Cristiano não tivesse a intenção, ele assumiu o risco de provocar alguma morte”, aponta o policial. Ele exemplifica, dizendo que “é semelhante a quando uma pessoa provoca um acidente com morte por estar embriagada. É o chamado dolo eventual. Às vezes, propriamente dito ele não tem a intenção, mas assume o risco pela circunstância”, conclui Diego.

Tragédia

Pamela Ferreira da Cruz, de 15 anos, e a bebê Natally Vitória Ferreira da Cruz, de apenas nove meses (mãe e filha), morreram após um acidente de trânsito no final da noite de quarta-feira (17), na BR-282.

Elas ocupavam um VW/Gol, dirigido por Vanderlei Luis Menegat, de 23 anos. No carro ainda estava Priscila Ferreira da Cruz, de 21 anos. Ambos sobreviveram ao acidente, que envolveu ainda um Fiat/Palio, dirigido por Cristiano Alves Pereira. Segundo os ocupantes do carro, o acidente foi provocado intencionalmente por Cristiano, que nega as acusações.

Foto: Jeferson Coppini/Oeste Mais

Fonte: Oeste Mais

 
 

Dois suspeitos de atacar ônibus com torcida do Avaí se apresentam na DIC

Policia

Última atualização em Dom, 28 de Setembro de 2014 11:54 Sáb, 27 de Setembro de 2014 11:33

AddThis Social Bookmark Button

Dois suspeitos de participação no ataque ao micro-ônibus que transportava torcedores do Avaí na BR-101, em Balneário Camboriú, Litoral Norte catarinense - e resultou na morte de um jovem - se apresentaram à Polícia Civil na noite desta sexta-feira (26). Segundo o delegado Osnei Valdir de Oliveira, responsável pelo caso, os rapazes têm entre 20 e 22 anos e chegaram à sede da Divisão de Investigação Criminal (DIC) por volta das 19h acompanhados de um advogado.

O delegado disse que os dois rapazes são integrantes da torcida organizada Fúria Marcilista, do Clube Marcílio Dias. Eles devem ser ouvidos na próxima segunda (29). Um grupo de 10 suspeitos foi identificado pela polícia na quinta (25), mesmo dia em que um adolescente de 16 anos foi ouvido. Segundo Oliveira, os envolvidos devem responder pelo crime de homicídio doloso, quando há intenção de matar.

João Grah, de 27 anos, integrava uma excursão de 22 torcedores avaianos que voltavam de um jogo contra o Paraná, em Curitiba. Por volta da 0h30 de quarta (24), o veículo foi apedrejado quando passava pela BR-101, em Balneário Camboriú. O rapaz foi atingido na cabeça, chegou a ser levado para o hospital, mas não resistiu. Ele foi enterrado na manhã de quinta (25), em Santo Amaro da Imperatriz, na Grande Florianópolis.

Novas imagens

Imagens mostram que o micro-ônibus com torcedores do Avaí era seguido pouco antes do ataque em Balneário Camboriú. Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), dois carros transportavam os suspeitos flagrados apedrejando o ônibus. A PRF informou que dois veículos acompanhavam os torcedores.

Na primeira imagem, é possível ver um veículo branco quase encostado no micro-ônibus. Depois, outra câmera mostra dois automóveis que, de acordo com a PRF, tratam-se dos carros que ultrapassaram o ônibus dois quilômetros antes do viaduto, onde ocorreu o ataque. Outra câmera flagrou a ação e a saída dos dois automóveis.

O inspetor Graziano, da PRF, explicou que, conforme as imagens, no km 132 da rodovia, os carros estavam atrás do ônibus e, no km 134, já haviam passado o veículo e estavam na frente dele. Logo em seguida, no km 136, saíram da rodovia e subiram no viaduto, de onde jogaram as pedras.

Quatro pessoas saem do veículo e outras cinco aparecem correndo. Os suspeitos param no parapeito do viaduto e esperam pela passagem do ônibus. Em seguida, jogam as pedras e correm. Uma parte do grupo sai do viaduto, e a outra vai para o lado oposto da pista para ver o veículo seguir viagem.

Ainda conforme a PRF, ao menos três pedras, do tamanho de um sapato de número 42, atingiram o vidro dianteiro do micro-ônibus. João Grah estava ao lado do motorista no momento do ataque.

O condutor do veículo não parou e seguiu até o posto da PRF em Itapema, no Litoral Norte, a pedido dos próprios torcedores que temiam novos ataques. Duas ambulâncias de atendimento emergencial da Autopista foram acionadas para atender a vítima, que morreu por volta das 2h30 de quarta (24).

O diretor social da torcida organizada Fúria Marcilista, Francisco Oliveira Júnior, manifestou repúdio ao acontecimento. De acordo com ele, se for provado que os suspeitos têm algum tipo de ligação com a torcida ou o clube, eles serão "sumariamente" expulsos da torcida.

Segundo Gustavo Silveira, proprietário da empresa de turismo, este foi o terceiro veículo da companhia atacado após jogos de times catarinenses neste ano. Ele afirmou que não irá mais operar viagens para torcedores. Informou também que o condutor do veículo depredado na quarta (24) está "muito abalado" e, por isso, recebeu folga para ficar com a família.

G1SC

 
 

Página 4 de 283

Próximos eventos

No current events.

Colunistas